Cielo é o segundo mais rápido no Settecolli, mas fica fora do pódio dos 100 m livre

Cielo volta de Roma com ouro nos 50 m livre (Foto: Gian Mattia D'Alberto/LaPresse)
Cielo volta de Roma com ouro nos 50 m livre (Foto: Gian Mattia D'Alberto/LaPresse)
O brasileiro fez 49s07 nos 100 m livre, mas na final B; de volta ao Brasil, terá mais um mês de treinos antes do embarque para Londres São Paulo – O velocista Cesar Cielo fez o segundo melhor tempo nos 100 m livre neste sábado, no Trofeo Settecolli, no Foro Itálico, em Roma, com 49s07, mas nadou a final B e não foi ao pódio da prova, como havia feito nos 50 m livre, que venceu, na quinta-feira. Na temporada, o melhor tempo de Cielo, que é medalhista de bronze olímpico, campeão e recordista mundial dos 100 m livre, é 48s28, o equivalente ao sexto do mundo no ranking, feito em maio, no Troféu Maria Lenk. Cielo nadou as eliminatórias na série 9, fez 50s01, tempo que não foi suficiente para se classificar entre os oito mais rápidos (embora tivesse passado os primeiros cinquenta metros mais veloz do que todos os competidores, em 23s53). O melhor tempo das eliminatórias ficou com o russo Evgeny Lagunov, com 49s36. O ouro foi para o holandês Sebastian Verschuren (49s09). O cubano Hanser Garcia levou a prata (49s10) e o francês Fabien Gilot, o bronze (49s12). Curiosamente, os dois primeiros da final B foram mais rápidos do que os vencedores dos 100 m livre, que nadaram a final A, a que vale vaga no pódio. O francês Gregory Mallet fez 48s96 e Cesar Cielo 49s07. Cielo, nadador do Flamengo, e seus companheiros do PRO 16 – grupo de treinamento comandado pelo técnico Alberto Silva – voltam ao Brasil para uma curta fase final de preparação antes do retorno a Londres, dez dias antes do início dos Jogos Olímpicos, de 27 de julho a 12 de agosto. Cesar Cielo é atleta do Flamengo e tem patrocínio de Avanço, Embratel, Correios, Audi, Gatorade e Arena.