Cielo disputa o Aberto da França a caminho de Barcelona

A competição será mais um teste para o campeão olímpico e mundial que quer o tricampeonato dos 50 m livre no Mundial de Desportos Aquáticos 
Cesar Cielo vai nadar 50 m borboleta e 50 m livre na França
Cesar Cielo vai nadar 50 m borboleta e 50 m livre na França
São Paulo – O campeão olímpico e mundial Cesar Cielo compete, neste fim de semana, no Aberto da França de Natação, em Vichy Val d’Allier, competição que será mais um teste a três semanas do Mundial de Desportos Aquáticos de Barcelona (ESP) – a natação vai ao Pallau Saint Jordi, que recebeu os Jogos Olímpicos de Barcelona há 21 anos. Para Cielo, o Mundial representa a chance de ser tricampeão dos 50 m livre e bicampeão dos 50 m borboleta, as duas provas que o velocista brasileiro vai nadar em Vichy: os 50 m borboleta no sábado (6/7) e os 50 m livre no domingo (7/7). As eliminatórias serão a partir das 4h30 e as finais a partir das 12h45 (horários de Brasília). Cielo é uma das atrações da competição francesa, que reunirá 250 atletas de 30 países. “O objetivo principal é tentar fazer os melhores tempos da temporada. Não estou com a expectativa dos melhores tempos da vida, mas dos melhores do ano. Vai ser a última competição antes do Mundial. Então, como fator psicológico, acho que pode ser importante nadar bem e fazer uma prova boa. Espero atingir esse objetivo para chegar a Barcelona, terminar o polimento da temporada e conseguir, aí sim, fazer o melhor tempo da minha vida lá no Mundial”, disse. No Aberto da França, Cielo quer testar também sua saída do bloco. “Os meus joelhos estão bem. A ideia é que eu consiga fazer melhor a minha saída. No Mundial, quero fazer uma saída que me deixe melhor do que todo mundo”, frisou. O brasileiro é o recordista mundial dos 50 m livre (20s91), mas quando fala que quer fazer o melhor tempo de sua vida no Mundial de Barcelona refere-se às marcas sem os trajes tecnológicos, proibidos pela Fina, a Federação Internacional de Natação. Nos 50 m livre, o seu melhor, sem os trajes, é 21s38, de 2012, ano em que conquistou o bronze nos Jogos Olímpicos de Londres com 21s59. Nos 50 m borboleta, a melhor marca de sua vida é o recorde sul-americano, 22s76, também de 2012. Este ano, o melhor tempo de Cielo nos 50 m livre foi o da medalha de ouro no Troféu Maria Lenk – 21s57, índice para o Mundial (é o atual quarto tempo do ranking mundial da Fina). Cielo disputou o Maria Lenk seis meses após a cirurgia que fez nos joelhos. Nadou mais duas vezes a prova, no Southern Zone Sectional, em Fort Laudardale (EUA), em março (22s20), e no Grand Prix de Santa Clara, em junho (22s04). Nadou os 50 m borboleta uma única vez, no Maria Lenk (23s16, sexto tempo do mundo no ano). “Estou no bolo” Cielo não esconde que vai a Barcelona para brigar pelo tricampeonato nos 50 m livre – o campeão olímpico em Pequim/2008 trouxe os títulos da distância dos Mundiais de Roma/2009 e Xangai/2011. “Sinto que estou na briga, entre os melhores do mundo. Quem bater na frente vai levar e estou no bolo”, disse Cielo. Cesar Cielo é atleta do Clube de Campo de Piracicaba e tem patrocínio da Adidas, Embratel, Gatorade, Correios e Audi.   Mais informações: www.cesarcielo.com.br. Siga também no http://twitter.com/cesarcielo e www.facebook/CesarCielo