Cesar Cielo leva dois ouros no último dia do Maria Lenk

O campeão olímpico venceu os 100 m livre e o 4×100 m livre, com dois novos recordes sul-americanos
São Paulo – Cesar Cielo fechou sua participação no Troféu Maria Lenk, neste domingo, no Rio de Janeiro, com dois novos recordes sul-americanos. Venceu os 100 metros livre com o tempo de 47s60, melhorando o recorde continental e a marca de 47s67, com a qual ganhou a medalha de bronze olímpica nos Jogos de Pequim/2008. Um pouco depois voltou para a piscina do Parque Aquático Maria Lenk, com os companheiros do clube Pinheiros para nadar o revezamento 4×100 m livre. Foi o segundo a nadar, com Nicholas Oliveira, Nicolas Santos e Fernando Silva, grupo que deixou a piscina com o recorde sul-americano: 3min14s45.
  Nos 100 m livre, Cielo fez o quarto melhor tempo do mundo no ano, atrás dos franceses Alain Bernard (46s94), recordista mundial, e Fred Bousquet (47s15) e do russo Andrey Gretchin (47s59). “Não sei o que aconteceu aqui (no Rio). Cheguei a pensar que não daria para quebrar o recorde, mas deu. Pensava em nadar no nível do Maria Lenk do ano passado, mas acabei fazendo o que fiz em Pequim”, disse Cielo que também chegou perto de sua performance do ouro olímpico nos 50 m livre, disputado no primeiro dia, com 21s33 contra 21s30 de Pequim. O campeão olímpico Cesar Cielo tinha pretensões mais modestas na véspera do Troféu Maria Lenk. Como está pesado, dos treinos duros que vem fazendo para o Mundial de Roma, em Auburn, Alabama, nos Estados Unidos, não esperava as boas marcas que, no entanto, foram saindo no campeonato. O nadador aproveita o domingo para passar o Dia das Mães com sua mãe Flávia, a irmã Fernanda e o pai Cesar, antes de retomar a rotina de treinos já nesta segunda-feira. Cielo voltará para os Estados Unidos para continuar sua preparação ao Mundial com o técnico australiano Brett Hawke.Cielo ajudou o Pinheiros a obter o seu 7º título consecutivo, o 12º da história, com recorde do campeonato e ouro nos 50 m livre (21s33) e medalhas de ouro e recordes sul-americano nos 50 m borboleta (23s42), nos 100 m livre (47s60) e nos revezamentos 4×50 m livre (1min26s42), 4×100 m medley (3min33s83)  e 4×100 m livre (3min14s45). Deixa o Rio de Janeiro com seis medalhas de ouro – levou o título em todas as provas que nadou, três individuais e três coletivas. Cesar Cielo é atleta do EC Pinheiros e tem patrocínio da Arena e dos Correios.