Cesar Cielo diz que o seu maiô está na lista dos aprovados da Fina

“Para mim não muda nada”, afirma o nadador, que usará o R-Evolution Plus no Mundial
São Paulo – O campeão olímpico Cesar Cielo disse que a lista de maiôs aprovados divulgada pela Federação Internacional de Natação (Fina) não muda em nada a sua escolha em relação ao traje que usará no Mundial de Roma, em agosto. O velocista decidiu que vestirá o Evolution Plus, peça da marca italiana Arena, que ajudou a desenvolver e recebeu a chancela da entidade dirigente da natação mundial. “É aquele que tem as placas de borracha laterais e os risquinhos no peitoral”, descreveu Cielo, nesta terça-feira, em Auburn, Alabama (EUA), onde está treinando com o técnico australiano Brett Hawke. Cielo também tinha testado o X-Glide, da Arena, durante o Troféu Maria Lenk – foi o maiô que rasgou. “Eu ainda poderia testar os dois no Mare Nostrum, mas na minha cabeça já tinha definido. Eu gosto mais dele (Evolution Plus). Só me fez economizar os dedos e o tempo porque o outro é muito, mas muito difícil de vestir”, observou Cielo. Quando aos recordes mundiais dos franceses Alain Bernard, nos 100 m livre (46s94) e nos 50 m livre (20s94), quebrados com maiôs que não estão na lista dos aprovados pela Fina, Cielo acha que as marcas “não podem ser simplesmente apagadas”. “Valer como recorde mundial é difícil, mas não acho certo apagar as marcas, porque já foram feitas. Talvez a Fina pudesse fazer como nos 4×50 m livre, que eles consideram melhor marca mundial, mas não recorde mundial.” Cesar Cielo é atleta do EC Pinheiros e tem patrocínio da Arena e dos Correios.