Cesar Cielo nada os 100 m para entrar no Maria Lenk, mas o foco é nos 50 m livre

O velocista vai brigar por índice na prova em que é campeão olímpico e tricampeão mundial no último dia de competições no Rio

Cesar Cielo disse que está se sentindo bem para encarar os 50 m livre

Cesar Cielo disse que está se sentindo bem para encarar os 50 m livre

Rio de Janeiro – O velocista Cesar Cielo entrou na disputa do Troféu Maria Lenk pelos 100 m livre, nesta segunda-feira (18/4/2016), no Parque Aquático Olímpico, no Rio. Cielo fez o sexto tempo das eliminatórias – 48s97 -, e avaliou o resultado como positivo. Não treinou para a distância e competiu apenas para estrear, já que o foco é a briga pelo índice nos 50 m livre na quarta-feira (20/4), com eliminatórias a partir das 9h30 e finais às 17 horas. “É guardar energia para os 50 m livre”, afirmou Cielo, da Fiat/Minas.

“Foi bom. Eu vim com a expectativa de tentar fazer 48s nos 100 m e saiu 48s97. Está dentro do que estávamos programando. Eu não treinei para essa prova. Para falar a verdade estava até um pouco ansioso com a estratégia porque a gente não chegou nem a competir muito os 100 m livre, mas acho que foi bom. Tirei uma prova boa para esse horário das 9h30. Mas vou focar na quarta-feira que é o objetivo principal da temporada”, disse o campeão olímpico, fazendo uma avaliação dos 100 m.

A preparação de Cesar Cielo para a temporada visa a conquista de índice nos 50 m livre. “Estou me sentindo muito bem, estou pronto para nadar bem. É só colocar em prova, executar de uma forma boa e, se Deus quiser, conseguir essa vaga. Acho que a minha saída voltou a ser como era antes, estou com mais confiança para os primeiros 15 metros. Então o objetivo é fazer 21s8. Acredito que seja suficiente. Se não for também, daí foge um pouco do meu controle, mas a ideia é nadar para 21 segundos na quarta-feira e garantir a vaga.”

Sobre o revezamento 4×100 m livre, Cesar Cielo disse que a prioridade é estar no time. “Mais do que conquistar a vaga entre os cinco, tenho de estar lá.”

E aprovou a piscina do Parque Aquático Olímpico. “É uma piscina muito boa, padrão de Mundial. O Brasil está pronto para receber uma grande competição. Está faltando um pouco de área livre aqui embaixo, mas está bom”, acrescentou.

Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, tem patrocínio da Unicred, Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Jeep e Correios e apoio do Bolsa Pódio/Ministério do Esporte e Time Brasil.

Share

Comments are closed for this post.

Comments are closed.