Cesar Cielo abre Open no revezamento 4×50 m livre e com ouro para o Minas

Para ‘quebrar o gelo’ o campeão olímpico nada o revezamento antes das disputas dos 100 m e dos 50 m, no estilo livre: ‘Não fixei tempo, mas quero nadar bem’
Ouro no revezamento 4x50 m para a Fiat/Minas
Ouro no revezamento 4×50 m para a Fiat/Minas
  Palhoça, Santa Catarina – Cesar Cielo, campeão olímpico, tri mundial e recordista mundial dos 50 m livre, estreou nesta quarta-feira (16/12/2015) no Open de Natação, no Parque Aquático da Unisul, nadando o revezamento da distância para “quebrar o gelo” na sua primeira competição depois do Mundial de Kazan. Cielo optou por não abrir a prova – o tempo do primeiro atleta vale como índice – na primeira seletiva olímpica da natação. Foi o segundo homem no grupo do Minas Tênis Clube a cair na água (fez 21s44), com Alan Vitória, Ítalo Duarte e Felipe Martins, e garantiu o ouro do 4×50 m livre com 1min27s67. O Pinheiros ficou em segundo (1min27s95) e a Unisanta com o bronze (1min31s83). “Foi legal, mais para entrar na competição, quebrar o gelo. Agora a ideia é vir bem para os 100 m livre. Eu tinha dito ao Minas que preferia não abrir o revezamento, por ser a primeira prova. Era mais para dar um ‘choque’ físico, entrar na competição e, aí sim, dar uma descansada, passar o barbeador e tentar nadar bem os 100 m livre”, disse. Cesar Cielo nada os 100 m livre no Brasileiro Senior – Troféu Daltely Guimarães e Torneio Open de Natação na sexta-feira (18/12) e os 50 m livre no sábado (19/12). O nadador garantiu que está bem da lesão do ombro que o atrapalhou em Kazan. “Fisicamente, me senti bem. Eu voltei a treinar faz pouco tempo, depois da fisioterapia para o ombro, até o meio de outubro… Mas treinei bem. Não estou colocando um tempo como parâmetro, nem nada, mas quero nadar bem. Estou com uma expectativa legal para os 100 m livre e quero fechar bem o ano.”
Cesar Cielo, segundo no revezamento 4x50 m pela Fiat/Minas
Cesar Cielo, segundo no revezamento 4×50 m pela Fiat/Minas
Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, tem patrocínio da Unicred, Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Jeep e Correios e apoio do Bolsa Pódio/Ministério do Esporte e Time Brasil.