Cesar Cielo encerra Metropolitano com o melhor tempo nos 50 m livre

Nadador da Fiat/Minas, que marcou 21s27 na prova, disputou o torneio em Belo Horizonte, em piscina curta, para avaliar os treinos e ganhar ritmo para o José Finkel
Cesar Cielo: o mais rápido nos 50 m livre
Cesar Cielo: o mais rápido nos 50 m livre
São Paulo – Sob chuva e frio, Cesar Cielo encerrou a participação no IV Torneio Metropolitano Infantil a Sênior, em piscina de 25 metros, no Parque Aquático do Minas I, em Belo Horizonte, neste sábado (26/7), com mais um bom resultado: foi o mais veloz nos 50 m livre (21s27) – na véspera, já havia conquistado o melhor tempo nos 100 m livre (47s19) e nos 50 m borboleta (22s74). O nadador da Fiat/Minas usou a competição regional para avaliar a atual fase de treinamento e ganhar ritmo de competição para o Troféu José Finkel/Taça Correios, em setembro, em Guaratinguetá (SP), que valerá como seletiva para o Mundial de Doha em Piscina Curta, em dezembro, no Catar, o principal desafio da temporada. Cesar Cielo não disputava uma competição em piscina curta havia quase dois anos, desde o Troféu José Finkel de 2012, em São Paulo – em 2013, o foco foi o Mundial de Barcelona (ESP), em piscina olímpica, quando conquistou o tricampeonato mundial nos 50 m livre e o bicampeonato nos 50 m borboleta. “Foi a primeira vez que nadei os 50 m livre em piscina curta desde agosto de 2012. Então, acho que foi uma prova bacana. Poderia ter sido um pouco mais agressivo nos primeiros 25 m, mas, no geral, foi uma prova bem nadada. O resultado foi dentro do que eu estava esperando para meu atual momento. Vamos ver se para o Finkel eu consigo evoluir”, avaliou Cesar Cielo, após a prova. O nadador estava inscrito também para a disputa dos 100 m borboleta, mas preferiu abrir mão da distância para se concentrar nos 50 m livre. “Considerando os dois dias de competições, tive uma constância boa de resultados. Não tive uma prova muito boa nem uma prova muito ruim. O bom foi que deu para ver como estamos nos treinamentos. A partir de agora, é começar a trabalhar mais a explosão, para eu ter mais velocidade, e também alguns detalhes para as provas em piscina curta”, finalizou Cesar Cielo. A primeira medalha de Cielo em um Mundial veio em piscina curta, em Indianápolis, em 2004, uma prata com o revezamento 4×100 m livre do Brasil. Tem dois ouros individuais conquistados em Dubai, nos Emirados Árabes, com recordes sul-americanos nos 50 m livre (20s51) e nos 100 m livre (45s74) que ainda perduram, além de um bronze, na mesma edição, com o revezamento 4×100 m livre. Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.

Cesar Cielo estreia com vitória no Metropolitano

O velocista nadou os 100 m livre para ‘entrar na competição’ e disse que ainda quer aperfeiçoar viradas antes do Troféu José Finkel, em setembro
Cesar Cielo ainda quer aperfeiçoar as viradas até o José Finkel
Cesar Cielo ainda quer aperfeiçoar as viradas até o José Finkel
São Paulo – Cesar Cielo foi o mais veloz nos 100 m livre (47s19) no IV Torneio Metropolitano Infantil a Sênior, em piscina de 25 metros, no Parque Aquático do Minas I, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (25/7). Foi, também, o mais rápido nos 50 m borboleta (22s74) – seu foco está no Mundial de Doha em Piscina Curta, no Catar, em dezembro. O nadador da Fiat/Minas ainda está inscrito nos 50 m livre e nos 100 m borboleta no programa deste sábado (26/7). O torneio regional ajudará Cesar Cielo e o técnico Scott Volkers a avaliarem os treinamentos. E também servirá para o velocista pegar ritmo de competição para o XLIII Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu José Finkel/Taça Correios, em Guaratinguetá (SP), de 1 a 6 de setembro, seletivo para Doha. “Foi bem diferente do que estou acostumado a nadar em piscina longa.Tinha pensado em nadar para 46s9, então, ficou por pouco. Mas o principal que dá para tirar dessa prova é que preciso melhorar a virada e alguns detalhes que contam em piscina curta para conseguir tirar tempos melhores e ir bem no Finkel. Eu acho que, para o Finkel, chegar em 45 segundos é uma boa meta. Tenho cinco ou seis semanas parar tirar esse um ‘1.2’ e acho que é uma coisa bem possível. Conseguindo esse tempo, vou avaliar se nado essa prova no Mundial ou não”, disse Cesar Cielo. “Hoje foi meu dia de entrar na competição. Amanhã nado os 50 m livre e é dia de entrar com um pouco mais de responsabilidade, um pouco mais de pressão. Quero ver como estou na prova que pretendo nadar no Mundial.” Fazia quase dois anos que Cesar Cielo não competia em piscina de 25 metros – a temporada de 2013 foi dedicada à piscina olímpica e ao Mundial de Barcelona, em que conquistou o tricampeonato mundial dos 50 m livre e o bicampeonato dos 50 m borboleta. Sua última disputa em piscina curta foi o José Finkel de 2012, no Sesi, em São Paulo. A primeira medalha de Cielo em um Mundial veio em piscina curta, em Indianápolis, em 2004, uma prata com o revezamento 4×100 m livre do Brasil. Tem dois ouros individuais conquistados em Dubai, nos Emirados Árabes, com recordes sul-americanos nos 50 m livre (20s51) e nos 100 m livre (45s74) que ainda perduram, além de um bronze, na mesma edição, com o revezamento 4×100 m livre. Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.

Cesar Cielo compete em piscina curta depois de quase 2 anos com foco no Mundial

O campeão olímpico vai disputar o Metropolitano, em Belo Horizonte, nesta sexta e sábado, para avaliar sua preparação para Doha, em dezembro
Pela equipe Fiat/Minas, foco em piscina curta
Pela equipe Fiat/Minas, foco em piscina curta
São Paulo – O campeão olímpico e tricampeão mundial dos 50 m livre, Cesar Cielo, disputa o IV Torneio Metropolitano Infantil a Sênior, em piscina de 25 metros, no Parque Aquático do Minas I, em Belo Horizonte, nesta sexta-feira e sábado (dias 25 e 26/7), com foco no Mundial de Doha, no Catar, em dezembro. O nadador da Fiat/Minas está inscrito nos 50 m borboleta e nos 100 m livre, na sexta-feira (25/7), e nos 50 m livre e nos 100 m borboleta, no sábado (26/7). Faz dois anos que Cesar Cielo não compete em piscina curta – em 2013, com foco no Mundial de Barcelona, não disputou provas em piscina de 25 m. “Vou fazer o meu melhor e avaliar o desempenho”, disse Cesar Cielo, que no José Finkel de 2012 venceu os 50 m livre (20s59) e os 100 m livre (45s91). “A última vez em que nadei em piscina de 25 m foi no Troféu José Finkel, no Sesi, em São Paulo, em agosto de 2012. Por isso, o Metropolitano servirá para eu começar mesmo a competir em piscina curta, para pegar ritmo de competição para o Finkel”, afirmou Cielo. O XLIII Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação – Troféu José Finkel/Taça Correios (25 metros), seletiva para o 12º Mundial em Piscina Curta, será em Guaratinguetá (SP), de 1 a 6 de setembro. “Não tenho expectativa de tempo nesse Metropolitano. É tentar fazer o meu melhor e avaliar o eixo de treino. Vai servir para ajustar os treinos e dar ritmo para o Finkel”, acrescentou Cielo.
Cesar Cielo disputa Metropolitano em Belo Horizonte
Cesar Cielo disputa Metropolitano em Belo Horizonte
O IV Torneio Metropolitano começará na sexta-feira, com o aquecimento às 18 horas e o início das provas às 19 horas. No sábado, a competição será um pouco mais cedo, com aquecimento às 16 horas e as provas a partir das 17 horas. Este será o segundo Metropolitano de Cielo pela Fiat/Minas. Em março, o atleta disputou a competição em piscina longa e fez o melhor tempo nas três provas que nadou: 50 m livre (21s74), 100 m livre (49s11) e 50 m borboleta (23s44). No total, Cesar Cielo tem 11 medalhas ganhas em Mundiais, quatro delas em piscina curta, incluindo o ouro nos 50 m e nos 100 m livre em Dubai, nos Emirados Árabes, em 2010 – ainda tem o bronze, com o revezamento 4×100 m livre, nesse mesmo torneio. Os dois ouros individuais em Dubai vieram com recordes sul-americanos nos 50 m livre (20s51) e nos 100 m livre (45s74) que ainda perduram. Sua primeira medalha em um Mundial, veio em piscina curta, em Indianápolis/2004, com a prata no revezamento 4×100 m livre. Cesar Cielo é campeão olímpico (Pequim/2008) e tricampeão Mundial (Roma/2009, Xangai/2011 e Barcelona/2013) dos 50 m livre e dono do recorde mundial da prova (20s91), além do mais rápido de todos os tempos na era pós maiôs (21s32). Também tem duas medalhas olímpicas de bronze nos 100 m livre (Pequim/2008) e nos 50 m livre (Londres/2012). É campeão mundial (Roma/2009) e recordista mundial dos 100 m (46s91). Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.

Cesar Cielo volta ao pódio no Aberto da França

Nadador da equipe Fiat/Minas conquistou o bronze nos 50 m livre neste sábado (22s16) e sai de Vichy Val D’Allier também com o ouro nos 50 m borboleta
Cielo deixa o Aberto da França com ouro e bronze
Cielo deixa o Aberto da França com ouro e bronze
São Paulo – Cesar Cielo conquistou a medalha de bronze nos 50 m livre no 8º Aberto da França, em Vichy Val D’Allier, neste sábado (5/7). O brasileiro, recordista mundial, campeão olímpico e tricampeão mundial da prova, nadou a distância em 22s16, melhorando o tempo obtido nas eliminatórias da manhã: 22s39. O ouro ficou com o francês Florent Manadou (21s71) e a prata com o australiano James Magnussen (22s07). Além do bronze nos 50 m livre, Cesar Cielo deixa a competição com o ouro nos 50 m borboleta – venceu a prova nesta sexta-feira (4/7), com 23s52. Na equipe Fiat/Minas, do Minas Tênis Clube, desde março e treinando com o australiano Scott Volkers, Cielo aproveitou o Aberto da França para readquirir ritmo de competição. No segundo semestre, a prioridade é o Mundial em Piscina Curta, em dezembro, em Doha (CAT). “Não vamos mudar muito a estrutura do treinamento, da preparação. Vamos manter a moldura, entre piscina longa e curta, mas os treinos mais importantes serão em curta”, disse Cielo. Em provas individuais em Mundiais em piscina curta, Cesar Cielo tem duas medalhas de ouro, ambas de Dubai/2010. Venceu os 50 m livre, com 20s51, e os 100 m livre, com 46s74 – as duas provas com recorde do campeonato e sul-americano. Foi, ainda, bronze no 4×100 m medley em Dubai (3min23s12, com Guilherme Guido, Felipe França e Kaio Márcio) e prata em no 4 x 100 m livre em Indianápolis/2004 (3min12s73, com Thiago Pereira, Christiano Santos e Nicholas dos Santos). Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.

Cesar Cielo estreia com vitória no Aberto da França

O bicampeão mundial dos 50 m borboleta nadou a distância em 23s52 nesta sexta-feira (4/7), em  Vichy Val D’Allier, para ficar com o ouro; neste sábado, disputa os 50 m livre
Aberto da França marca a volta de Cielo às competições
Aberto da França marca a volta de Cielo às competições
São Paulo – Cesar Cielo estreou com vitória no 8º Aberto da França de Natação, em Vichy Val D’Allier, nesta sexta-feira (4/7). Bicampeão mundial dos 50 m borboleta, o nadador da equipe Fiat/Minas, do Minas Tênis Clube, completou a distância em 23s52 para ficar com a medalha de ouro. A prata foi para o também brasileiro Nicholas Santos (23s74) e o venezuelano Albert Subirats completou o pódio (23s84). A prova marcou a volta de Cesar Cielo às competições – sua última disputa havia sido o Troféu Maria Lenk, em abril, quando estabeleceu o melhor tempo do mundo no ano para os 50 m borboleta: 23s01. Cesar Cielo, que vem de um período grande de treinos, vai usar o Aberto da França para retomar ritmo de competição e, neste sábado (5/7), disputa os 50 m livre, prova em que é campeão olímpico, tricampeão mundial e recordista mundial. Apesar de não competir desde abril, espera um resultado “razoável” para dar o tom ao restante da temporada. “Acho que um 21s50 seria uma boa marca”, disse Cielo. Cesar Cielo é campeão olímpico (Pequim/2008) e tricampeão Mundial (Roma/2009, Xangai/2011 e Barcelona/2013) dos 50 m livre e dono do recorde mundial da prova (20s91), além do mais rápido de todos os tempos na era pós-maiôs (21s32). Também tem duas medalhas olímpicas de bronze nos 100 m livre (Pequim/2008) e nos 50 m livre (Londres/2012). É campeão mundial (Roma/2009) e recordista mundial dos 100 m (46s91). Nos 50 m borboleta, é bicampeão mundial (Barcelona/2013 e Xangai/2011). Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.

Cesar Cielo volta às competições no Aberto da França

Velocista brasileiro, campeão mundial e olímpico, fez o melhor tempo do mundo no ano nos 50 m livre no Maria Lenk; em Vichy Val D’Allier, vai nadar a prova e os 50 m borboleta
Cesar Cielo quer ganhar ritmo para restante da temporada
Cesar Cielo quer ganhar ritmo para restante da temporada
São Paulo – O brasileiro Cesar Cielo, líder do ranking mundial dos 50 m livre com os 21s39 do Troféu Maria Lenk, em 21 de abril, em São Paulo, volta a disputar a prova no 8º Aberto da França de Natação, em Vichy Val D’Allier. O torneio será nesta sexta-feira e sábado (4 e 5/7) e Cesar Cielo ainda vai competir nos 50 m borboleta. “Eu não nadei mais depois do Maria Lenk e esta será uma competição para pegar ritmo depois de um bloco grande de treinos. Mesmo assim, quero um resultado razoável para dar o tom para o restante da temporada”, ressaltou Cesar Cielo. O Open de Natação foi criado pela Federação Francesa em 2007 (o site da competição: http://www.open-natation.fr/) e terá atrações como Cesar Cielo, o francês Florent Manadou e o australiano James Magnussen. Os 50 m borboleta serão nesta sexta-feira (4/7) e os 50 m livre neste sábado (5/7). Para Cielo, que se encontrou na França com a seleção brasileira, vinda de Tenerife (ESP), não será possível comparar o desempenho deste ano ao de 2013, na mesma competição. “Eu estava mais bem preparado, mais perto do Mundial de Barcelona”, explicou. No Mundial, em 2013, Cielo ganhou o tricampeonato dos 50 m livre com o melhor tempo na prova na era pós-maiôs tecnológicos (21s32) e ainda ficou com o bicampeonato nos 50 m borboleta. “Não dá para comparar, mas quero nadar as duas provas perto do padrão dos últimos anos”, acrescentou. Acha que “um 21s50 para os 50 m livre e um 23 segundos baixo para os 50 m borboleta” seriam boas marcas. No Troféu Maria Lenk, Cielo nadou os 50 m borboleta em 23s01 (no dia 25 de abril). O nadador também está inscrito nos 100 m livre, mas ainda vai decidir se fará a prova. Em fevereiro, Cielo nadou os 100 m livre no GP de Orlando, nos Estados Unidos – venceu, com 49s28 (também ficou com a prata nos 50 m livre, com 22s15). Voltou a nadar os 100 m livre no Maria Lenk, com 48s13.
Cesar Cielo é líder do ranking mundial dos 50 m livre
Cesar Cielo é líder do ranking mundial dos 50 m livre
Depois de dois meses de treinos nos Estados Unidos, desde março Cielo treina no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, com o técnico australiano que comanda a equipe, Scott Volkers. No segundo semestre, sua prioridade será o Mundial em Piscina Curta, em dezembro, em Doha (CAT). “Não vamos mudar muito a estrutura do treinamento, da preparação. Vamos manter a mesma moldura, entre piscina longa e curta, mas os treinos mais importantes serão em curta”, observou. Cesar Cielo é campeão olímpico (Pequim/2008) e tricampeão Mundial (Roma/2009, Xangai/2011 e Barcelona/2013) dos 50 m livre e dono do recorde mundial da prova (20s91), além do mais rápido de todos os tempos na era pós maiôs (21s32). Também tem duas medalhas olímpicas de bronze nos 100 m livre (Pequim/2008) e nos 50 m livre (Londre/2012). É campeão mundial (Roma/2009) e recordista mundial dos 100 m (46s91). No total, tem 11 medalhas ganhas em Mundiais, seis delas de ouro, em piscina olímpica – é apresentado no site da competição como seis vezes campeão mundial (http://www.open-natation.fr/athletes/tetes-daffiche). Tem sete títulos pan-americanos. Cesar Cielo é atleta da Fiat/Minas, equipe de natação do Minas Tênis Clube, e tem patrocínio de Gatorade, adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios.