Cesar Cielo apresenta licenciamento em Gramado

O campeão olímpico e mundial faz pausa na rotina de treinos para lançamento de sua marca de óculos da linha Keeper, da Di Vialle
São Paulo – Depois das conquistas no Mundial de Roma, Cesar Cielo já estabeleceu novo objetivo internacional para 2010: tentar subir ao pódio no Pan-Pacífico de Los Angeles, em agosto. Como aquecimento, vai nadar o Paulista, em novembro, e o Torneio Open, em dezembro. Tudo em meio a pedidos de entrevistas, negociações de parcerias com patrocinadores, licenciamento de novos produtos e treinamento intensivo. O V Open de Natação, de 17 a 20 de dezembro, no Pinheiros, será sua competição mais importante no País após o Mundial.
Em Roma, Cielo, de 1,95 m e 22 anos, conquistou a medalha de ouro nos 100 metros livre, com novo recorde mundial (46s91), e o ouro nos 50 m livre (21s08), há 60 dias. No Open deve nadar as duas provas. Antes disputará o Paulista, de 13 a 15 de novembro, em Santos, mas sem expectativa de resultados. De qualquer forma, será o primeiro torneio de Cielo após o Mundial.
O atleta pensa a longo prazo e nos desafios que terá pela frente na temporada internacional em 2010, em que entra como o nadador mais rápido do mundo e recordista mundial dos 100 m livre. “Meus objetivos são, hoje, mais ambiciosos. Não penso num limite. Quero melhorar, acreditar que vai dar certo. Na minha vida sempre foi assim, dando passos até o momento de eu acreditar que poderia ganhar um Mundial, não era mais um NCAA. Hoje, eu tenho a alegria de andar na rua e o pessoal vir pedir autógrafo, participar de programas de TV…. Estou curtindo. Quero continuar estabelecendo objetivos cada vez mais ambiciosos e continuar na batalha, buscando meus limites”, afirma Cielo.
Licenciamentos
A rotina de treinos do campeão terá uma pausa nesta sexta-feira (25/9). Cesar Cielo estará em Gramado, cidade das serras gaúchas, para o lançamento da linha de óculos Keeper da Di Vialle – serão óculos de sol e de grau com a marca Cesar Cielo. Três licenças foram negociadas para usar seu nome em produtos: a 775 vai produzir camisetas e boné, a Dental Clean vai lançar escova de dentes e fio dental e a Di Vialle os óculos de sol e receituário.
“Fechamos alguns licenciamentos. Patrocínio mesmo, estamos quase lá para definir todos os parceiros. Quero dois ou três parceiros para ficar comigo até 2012”, afirmou Cielo.
O planejamento de Cesar Cielo é treinar no Pinheiros, em São Paulo, até dezembro. A partir de janeiro deverá voltar a Auburn, Alabama, nos Estados Unidos, para treinamentos com Brett Hawke.
Cesar Cielo é atleta do EC Pinheiros e tem patrocínios da Arena e Correios.

Cielo vence os 50 m livre e conquista segundo ouro em Barcelona

Campeão olímpico garante 100% de aproveitamento no Circuito Mare Nostrum, que reúne os melhores velocistas do mundo
São Paulo – O velocista Cesar Cielo conquistou sua segunda medalha de ouro na etapa de Barcelona do Circuito Mare Nostrum de Natação. Neste domingo, o brasileiro superou seus principais adversários do circuito internacional e venceu os 50 m livre com o tempo de 21s97, melhorando o recorde da competição, que era 22s05 e pertencia a Eamon Sullivan desde o ano passado. Atual campeão olímpico da prova, Cielo obteve 100% de aproveitamento na Espanha. No sábado, ele já havia vencido os 100 m do mesmo estilo com o tempo de 48s83. Na decisão dos 50 m, o nadador paulista foi seguido por Cullen Jones e pelo francês Frederick Bousquet, que fecharam a prova com o tempo que Cielo havia marcado na preliminar: 22s17. Bousquet detém a melhor marca mundial na distância, mas seu recorde ainda não foi ratificado pela Fina porque foi obtido com um maiô até agora não aprovado pela Federação. O sueco Stefan Nystrand repetiu a quarta colocação que obtivera nos 100 m, desta vez com 22s38 e o francês Amaury Leveaux ficou em oitavo (22s75). O australiano Sullivan desistiu da eliminatória. Cielo, de 22 anos, 1,96 m, nadou com o maiô R Evolution Plus. O brasileiro está se preparando para o Mundial de Roma e seu próximo compromisso é a etapa de Canet en Roussillon do Mare Nostrum. A competição será realizada entre os dias 9 e 11 deste mês, na França. Ele não disputará a etapa de encerramento do Circuito, em Mônaco, retornando para Auburn, nos Estados Unidos, onde continuará sua preparação para o Mundial na Itália, que será disputado de 26 de julho a 2 de agosto. Cesar Cielo é atleta do EC Pinheiros e tem patrocínio da Arena e dos Correios. O site do Circuito Mare Nostrum é: http://www.marenostrumswim.com/general.php  

Cesar Cielo retorna aos EUA em busca do recorde mundial

Objetivo do campeão olímpico nesta temporada é baixar sua marca em três centésimos e Objetivo do campeão olímpico nesta temporada é baixar sua marca em três centésimos e nadar bem no Mundial de Roma
São Paulo – O nadador Cesar Cielo viaja, neste sábado, para os Estados Unidos, onde retoma os treinamentos na Universidade de Auburn, no Alabama. O principal objetivo do campeão olímpico dos 50 metros livre para esta temporada é superar o recorde mundial, que hoje pertence ao australiano Eamon Sullivan, com 21s28 – o brasileiro obteve 21s30 na conquista da medalha de ouro em Pequim. “O que está faltando para mim é o recorde mundial, que sigo buscando. Vou buscar melhorar minha marca em pelo menos três centésimos e ser o cara mais rápido na piscina na história. Cheguei ao ouro olímpico com apenas 21 anos, tem muita água para rolar ainda. Quero nadar, quem sabe, até a Olimpíada de 2016”, disse Cielo. Cielo retoma os treinamentos em Auburn sob a orientação do técnico australiano Brett Hawke. A preparação do brasileiro será focada para a disputa do Mundial de Desportos Aquáticos de Roma (ITA), que ocorre entre os dias 26 de julho e 2 de agosto. “A prioridade é nadar o mais rápido possível, e é lá em Auburn que eu tenho a tranquilidade e a estrutura necessária para isso. Você não encontra em lugar nenhum do mundo uma estrutura e a quantidade de competidores de alto nível que você encontra nos treinamentos nos Estados Unidos. Isso faz a diferença em um Mundial”, comentou o nadador. Para se tornar o nadador mais rápido do mundo, o brasileiro conta com seu bom relacionamento com Brett Hawke – foi quem treinou Cielo durante a preparação para a Olimpíada de Pequim. “Tenho confiança total no Brett. Ele sabe onde pode apertar e onde não pode. O fato dele ser novo e ter nadado os 50 metros livre ajuda bastante na comunicação. E o respeito que temos na relação atleta-técnico”, afirmou o campeão olímpico. Outra ajuda na busca pelo recorde mundial deve vir de seu material esportivo. Cielo firmou contrato de patrocínio com a Arena e está ajudando a empresa italiana no desenvolvimento de um novo maiô, voltado para os velocistas. “Estou no quarto protótipo de maiô, venho testando desde novembro. Eu e a Arena estamos desenvolvendo esse novo maiô, com um material diferente. Eles devem ir para Auburn neste mês para finalizarmos tudo, pois precisam apresentar a peça antes da reunião final da FINA (Federação Internacional de Desportos Aquáticos) para o Mundial, que ocorre no dia 20 de fevereiro”, disse Cielo. Torneios nacionais Apesar dos treinamentos nos Estados Unidos, a programação de Cielo inclui diversas competições no Brasil, como o Desafio Internacional de Florianópolis, dias 14 e 15 de fevereiro, o Troféu Maria Lenk, em maio, e o José Finkel, em setembro. “Acredito que estarei mais ativo com o grupo do Pinheiros nesta temporada do que estive no ano olímpico. O intercâmbio entre o Albertinho (Alberto Silva, técnico do Pinheiros) e o Brett deve ser bem maior neste semestre”, comentou o nadador. O clube paulista preparou um projeto para auxiliar seus atletas olímpicos. O Pinheiros irá ajudar Cielo no pagamento das taxas de inscrição, viagens e hospedagem para as competições. “Com a aprovação desse projeto, eu tentei me ligar ao máximo ao Pinheiros. A estrutura daqui vai melhorar muito e não vou mais depender de verbas do governo, posso pedir diretamente para o meu clube”, disse Cielo.

Cesar Cielo volta a treinar em Auburn, agora para o Mundial de Roma

O campeão olímpico dos 50 metros livre embarca sábado para os Estados Unidos, onde fará sua preparação para a principal competição da temporada de 2009
São Paulo – O nadador Cesar Cielo voltará a treinar nos Estados Unidos para mais um desafio na carreira, o Mundial de Desportos Aquáticos de Roma (ITA)  –  as provas da natação serão de 27 de junho a 2 de agosto. Antes do embarque, marcado para sábado (17/01), Cielo falará com os jornalistas brasileiros em entrevista coletiva marcada para esta quinta-feira (15/01), às 11 horas, no Centro Pró-Memória do E.C. Pinheiros. O nadador treinará na Universidade de Auburn, na pacata cidade do Alabama, com o australiano Brett Hawke. Após os Jogos Olímpicos de Pequim, quando ganhou a primeira medalha de ouro da natação brasileira nos 50 m livre (21s30), Cielo fez um período de treinos no E.C. Pinheiros, em São Paulo, com o técnico Alberto Silva – preparação que dará continuidade nos Estados Unidos, com Hawke. Em princípio, Cielo voltará ao Brasil para o Desafio Internacional de Florianópolis, dias 14 e 15 de fevereiro. O nadador ainda disputa os Grand Prix de Missouri e Ohio, em março e abril, e o Troféu Maria Lenk, em maio, no Rio de Janeiro, antes do Mundial. Em setembro, compete no José Finkel, no Brasil, e em novembro poderá disputar o campeonato europeu. O Troféu Open, em dezembro, fecha o calendário de 2009. “O entrosamento que eu tenho com o Brett Hawke é muito bom. Não quero perder. Ele tem 33 anos, parou de nadar em 2006 – também fazia os 50 m livre – e entende bem o meu lado. Como deu certo o trabalho que fiz antes da Olimpíada, hoje não tenho dúvidas de que vale a pena a dedicação dentro e fora da piscina”,  justifica Cielo. O nadador folgou durante as festas de fim de ano, perto da família e dos amigos – “dei uma relaxada” – e recobrou as energias para um novo e difícil período de treinamentos. “Lá nos Estados Unidos, meus dias têm 24 horas de natação. Quando não estou na piscina, descanso, me alimento bem e me preparo para o próximo treino. É um esquema muito restrito mesmo, mas em nenhum momento posso reclamar.” Cesar Cielo tem os patrocínios da Arena, Correios e Pinheiros.